Entregabilidade em eMail Marketing

Os Provedores de Serviços de Internet (ISPs) têm por ofício barrar a entrada de e-mails não autorizados, entretanto, muitas mensagens legítimas e com permissão para serem enviadas estão caindo na Caixa de Spam. Estatísticas indicam que mais de 90% dos e-mails são considerados como Spam, percentual que equivale a 9 em cada 10 e-mails. Isso pode ser visto pelo próprio comportamento de servidores conhecidos como o Yahoo, que aceita 1 em cada 8 e-mails, e o Hotmail, que filtra 1 de 3 e-mails recebidos.

Estatísticas apontam que 23,5% de todos os e-mails legítimos enviados não chegam à Caixa de Entrada dos usuários e 75% são reportados como Spam. Outro dado alarmante coloca a América Latina em segundo lugar com a pior taxa de entregabilidade (28%), em parâmetros mundiais.

Como a entrega de e-mails é gerenciada pelos ISPs

É preciso seguir alguns procedimentos para garantir que sua base de contatos receba o conteúdo enviado por email marketing na caixa de entrada dos clientes. Um dos protagonistas pela barreira imposta pelos provedores de e-mail é o conjunto de filtros anti-spam, que protegem o cliente de receber mensagens indesejadas.

Estes filtros avaliam todas as informações do remetente, tais como a origem do e-mail, quais caixas vão, o teor do conteúdo, a principal preocupação é a reputação do servidor de envio, leva-se em conta o conteúdo, principalmente a linha de assunto, seja muito atento ao utilizar termos e palavras-chave que são motivo de restrições como “grátis”, “imperdível”, “promoção” ou “clique aqui”.

Há diversos fatores que afetam diretamente a entregabilidade dos e-mails, como configurações de SPF e DKIM, avaliações de reputação dos IPs e domínios, reclamações por falta de opt-in, são quesitos que dependem de quem efetua os processos técnicos, o principal indício desse impacto negativo é apontado nos relatórios que mostram alta taxa de entrega e baixa taxa de abertura.

O fato mais interessante é o desvio das mensagens para a caixa de spam e que não está necessariamente relacionado aos ISPs, a preocupação dos provedores de e-mail é com o que seus clientes vão receber em suas caixas de entrada.

Entenda: Entrega x Entregabilidade

Para organizar suas atividades para fazer seus e-mails irem à Caixa de Entrada sem serem barrados, é preciso saber quais os caminhos que as mensagens percorrem. É preciso entender a diferença entre entrega e entregabilidade, esses termos são frequentemente utilizados para definir o mesmo conceito, porém existe uma diferença e a gente explica aqui.

Através da taxa de entrega, que é uma referência calculada com base nos e-mails enviados, você sabe as estatísticas dos e-mails que foram entregues aos seus respectivos destinatários, e a pergunta de 1 milhão de Dólares é, Onde esses emails chegaram? Na Caixa de Entrada ou na Caixa de Spam? Há casos ainda piores onde sequer passam pelos filtros e os emails são bloqueados e não chegam a lugar algum.

O provedor precisa oferecer o mínimo de estrutura para que esta perda não aconteça, como qualidade de envio através de IPs dedicados e um conjunto de regras para controle AntiSpam. O remetente deve priorizar e respeitar as boas práticas antes do enviar um e-mail marketing.

Objetivo do email marketing: Atingir a caixa de entrada do usuário

Como chegar na caixa de entrada do usuário? A entregabilidade é o caminho, e qual o significado do termo? Entregabilidade é um conjunto de estratégias baseadas no cumprimento de regras e normas de boas práticas, reputação dos IPs e dos domínios, normas estabelecidos pelos Provedores de Serviços de Internet (ISPs). O objetivo é alcançar o destino final desejado: a caixa de entrada.

O provedor monitora o comportamento de quem envia o e-mail e os classifica a da reputação de acordo com volume, frequência dos disparos e o engajamento junto ao usuário que recebe essa mensagem.

Não pode faltar o opt-in no e-mail marketing, que valida o envio, e a opção de opt-out, concedendo à sua lista de contatos o direito de descadastro. Seguir essas regras é primordial para manter seus e-mails com boa reputação e consequentemente, longe da taxação como Spam e das temidas Blacklists.

O que é importante para garantir que o e-mail alcance seu destino

Depois de mostrar os motivos que podem levar uma campanha de e-mail marketing a ser assinalada como indesejada, veja essas dicas e soluções mais detalhadas para evitar que isso aconteça. Você pode consultar este post, e esse outro aqui também nesse link. Tenha no seu radar que boas práticas podem e devem serem aplicadas para aumentar suas chances de conseguir melhores resultados.

Escolha da plataforma

  • O primeiro item que deve ser levado em conta é a escolha de uma boa plataforma, que será a responsável pela gestão das listas de contatos, das campanhas e dos relatórios.
  • Como isso pode ajudar: mantém as coisas em ordem, indica o caminho para traçar as melhores estratégias de comunicação, oferece relatórios para otimizar os resultados.

Higienização da base

  • Como o próprio nome indica, é um recurso que promove uma limpeza da sua base de contatos, mantendo apenas endereços de e-mail válidos, sem erros de ortografia ou inexistentes.
  • Como isso pode ajudar: mantém na lista os contatos ativos, impactando diretamente na sua reputação e estreitando o relacionamento com quem busca interação com você.

Segmentação

  • Serve para dividir sua base de contatos em grupos específicos com interesses ou características em comum. Pode levar em conta região geográfica, idade, sexo, comportamento.
  • Como isso pode ajudar: mantém o envio de conteúdo relevante para as pessoas certas, aumentando a chance de conversões e fidelizando clientes com o que eles realmente procuram.

Conteúdo relevante

  • Uma das principais prioridades de uma campanha de e-mail marketing é o conteúdo, que deve ser, acima de tudo, interessante para quem vai recebê-lo.
  • Como isso pode ajudar: mantém sua base interessada em acompanhar cada e-mail que sua empresa enviar, além de promover interação e engajamento com sua marca.

Otimização para o mobile

  • Quando se pensa no público-alvo da sua empresa é preciso levar em conta todas as formas de acesso, do desktop aos dispositivos móveis. Sua campanha deve estar em todos os lugares.
  • Como isso pode ajudar: mantém em alta a experiência do usuário (UX Design), facilitando a navegação, a leitura e a possibilidade de ver seu e-mail sendo acessado.

Teste A/B

  • O recurso, frequentemente utilizado, pode ser aplicado em um dos elementos de uma campanha. Assim, você terá duas versões que deverão ser encaminhadas, cada uma, para parte da base.
  • Como isso pode ajudar: mantém melhores taxas de abertura, já que, por meio do teste, você poderá avaliar qual e-mail despertou mais interesse em seus contatos.

Frequência dos disparos

  • Este é o número de vezes, incluindo dias e horários, que seus e-mails serão enviados. O volume das campanhas pode ser essencial para despertar ou afastar o interesse de um cliente.
  • Como isso pode ajudar: mantém sua reputação positiva se planejada com moderação. Vale aplicar testes A/B para descobrir melhor frequência, dias e horários.

Análise das métricas

  • Com uma plataforma de e-mail marketing você tem mais de 100 relatórios à disposição. Eles trazem métricas que indicam o caminho que deve ser seguir.
  • Como isso pode ajudar: mantém você atualizado sobre o que traz resultado e o que pode ser melhorado. Uma avaliação pode ser essencial para montar sua estratégia de comunicação.

Ao somar o conjunto destas soluções, chegamos à palavra de ordem para criar uma estratégia de e-mail marketing bem sucedida: planejamento. Por isso, projete bem cada ação, avalie os riscos e aplique melhorias constantes. Afinal, a entregabilidade é crucial para determinar o sucesso ou declínio de uma campanha de e-mail marketing.

Opt-in e Opt-out

  • Enquanto a primeira dá conta da chamada política de permissão, isto é, você só poderá enviar campanhas aos contatos que autorizaram, a segunda trata do caminho para descadastros.
  • Como isso pode ajudar: mantém seus e-mails longe da caixa de spam. Afinal, os envios têm consentimento e ainda dão o livre-arbítrio para quem desejar cancelar.

Esse conteúdo atingiu suas expectativas? Comenta aqui com a gente, compartilhe.

Recommended Posts